notícias

  • 16
  • MAI
  • 2016

Intercâmbio Intermunicipal de Campo Redondo

Beneficiários do P1+2

O Intercâmbio teve como proposta a troca de experiências entre trabalhadores e trabalhadoras rurais, beneficiários/as do Programa Uma Terra e Duas Águas - P1+2. Participaram deste, 29 beneficiários, entre jovens, mulheres e homens agricultores/as, das comunidades de Serra do Doutor I, Serra do Doutor II, Ramal, Serra Branca, Timbaúba dos Inocêncios, Baixa do Arroz e Baldo, todas localizadas no Município de Campo Redondo.

A atividade teve início no dia 04/05, com visita ao Sítio Gurjau, localizado a 5 km da sede do município de Coronel Ezequiel, na propriedade do Sr. Antônio Ventola, agricultor desde menino, busca na agricultura o sustento da sua família. Tem em seu quintal uma grande variedade de culturas como: banana, acerola, mamão, jaca, limão, caju, goiaba, graviola, manga, café, laranjas (cravo e comum), galinheiro, hortaliças, um boi para preparo da terra e mudas para vender. Além das culturas citadas, ele planta palma consorciada com o roçado (feijão e mandioca). Também é um guardião de sementes.

A segunda visita se deu na comunidade Caiçarinha do Carneiro no Município de Santa Cruz, com a experiência de Produção da família de Nerinha que nos recebeu com muita alegria e carisma, ela cria suínos para abate, galinhas caipiras e produz hortaliças como coentro e alface (variedades adaptadas ao clima da região), através da tecnologia social, PAIS (Produção Agroecológica Integrada e Sustentável), sua produção é comercializada na feira agroecológica de Santa Cruz.

 

A terceira visita se deu no município de Passe e Fica, na feira agroecológica (feira da agricultura familiar como é chamada pelos produtores), alguns dos produtores são beneficiários de tecnologias sociais do P1+2. A feira acontece todas as quintas-feiras, em frente ao SINTRAF, com uma diversidade de produtos da agricultura familiar, produtos artesanais e comidas típicas. A visita foi um momento importante de troca de saberes e para fortalecimento da comercialização, com parceria da Associação de Apoio ás Comunidades do Campo do Rio Grande do Norte – AACC/RN e o Núcleo de Extensão e Desenvolvimento Territorial - NEDET. Os organizadores da feira esperam atingir um número maior de agricultores comercializando devido estarem acessando a ampliação do espaço através da aprovação do Projeto de Infraestrutura – PROINF pelo colegiado do Território do Trairi.  

◄ voltar
0 Pessoa(s) Comentaram:
Topo

Os campos abaixo apresentam erro:

  • Nome
  • E-mail
  • Mensagem

Cadastrado com sucesso